CULTURANoticias

LUTO: Morre, aos 84 anos, no Rio de Janeiro, a atriz Lady Francisco – Assista a participação no PapoMix

A atriz Lady Francisco, nome artístico de Leyde Chuquer Volla Borelli Francisco de Bourbon, morreu neste sábado, 25 de maio. A informação foi confirmada pelo filho, Oscar Francisco, à revista “Quem”: “Infelizmente, mamãe faleceu hoje, às 13h. O céu ganhou mais uma estrela”.

No fim de abril, a atriz foi hospitalizada após quebrar o fêmur durante um passeio com seus cachorros, no Parque Guinle, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Após o acidente, ela foi operada, mas teve complicações.

Em agosto de 2007, a atriz participou do programa PapoMix, abrindo as portas da sua casa ao apresentador Anderson Azevedo.  Na ocasião, ela falou sobre o respeito pelo público LGBTI, na época chamado pela sigla GLS (Gays, Lésbicas e simpatizantes).

Nascida em Belo Horizonte, Leyde Chuquer Volla Borelli Francisco de Bourbon – seu nome de batismo – começou a carreira artística na sua cidade natal, no rádio e na TV Itacolomi, do grupo Diários Associados. Descendente de espanhóis, italianos e sírios, seu Zezé, o pai da atriz – cujo “Francisco” era uma tradução qualquer de um nome árabe – trabalhava como mascate, vendendo de porta em porta, até que abriu a Casa do Guri, de artigos infantis, e ficou rico e influente. Em seu casarão no bairro Floresta, a família recebia políticos importantes, como prefeitos, governadores e senadores da República para concorridos cocktails dançantes. Até Juscelino Kubitschek era íntimo de seu Zezé. Nessas ocasiões, o comerciante fazia questão que as filhas se apresentassem impecáveis e que as reconhecessem como as moças mais elegantes de BH.

Entre 1972 e 1973, já no Rio de Janeiro, atuou na novela Jerônimo, o Herói do Sertão na TV Tupi. Depois transferiu-se para a TV Globo, onde atuou nas novelas A Escrava Isaura (1976), Marrom Glacê (1979), Baila Comigo (1981), Louco Amor (1983), Barriga de aluguel (1990), Totalmente demais (2017), somando quase 50 anos de trajetória na televisão. Seu último trabalho foi em Malhação: Vidas Brasileiras, como a milionária Lorraine,no ano passado.

Sempre franca, Lady falou abertamente sobre abusos sexuais que sofreu e de um estupro em que acabou engravidando e abortando posteriormente. Sua maior paixão, como sempre fez questão de frisar, eram os animais, pelos quais se declara “violentamente apaixonada.Para defender os animais e idosos, chegou a se candidatar a deputada estadual pelo Rio de Janeiro pelo PRB, mas não se elegeu

No cinema, atuou em “Um varão entre as mulheres” (1974), “O padre que queria pecar” (1975), “Aguenta, coração” (1984), entre outros. No filme “Anjos do sexo” (1981), ela atuou como diretora ao lado de Levy Salgado.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo