Noticias

Prefeitura destina R$ 1,8 milhão para receber a 23ª Edição da Parada do Orgulho LGBT

São Paulo se prepara para receber a 23ª edição da Parada do Orgulho LGBT – marcada para o próximo domingo (23). Nessa segunda-feira (17) os organizadores promoveram uma entrevista coletiva com a participação dos patrocinadores do evento. O prefeito Bruno Covas e a secretária municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Berenice Giannella, estavam presentes. A Prefeitura disponibilizou R$ 1,8 milhão de ajuda de infraestrutura, incluindo itens para a segurança dos participantes.

O tema da edição da Parada do Orgulho LGBT nesta oportunidade são os 50 Anos de Stonewal, episódio ocorrido em Nova York que marcou o início das paradas de orgulho LGBT em todo o mundo. A associação organizadora do evento aproveita para fazer um resgate das conquistas alcançadas pelo movimento desde a década de 1970.

Segundo a Associação da Parada do Orgulho LGBT, o evento da capital paulista é o maior e melhor de todo o mundo. São aguardadas para este ano mais de 3 milhões de pessoas. Para comemorar a data em segurança, além da Polícia Militar do Estado, a Prefeitura colocará para acompanhar o trajeto 60 viaturas, parte do efetivo da Guarda Civil Metropolitana e mais de mil seguranças patrimoniais contratados.

A Parada do Orgulho LGBT, e mais as suas atividades paralelas, gera para a cidade renda de R$ 280 milhões e mais de 5 mil empregos diretos. O prefeito Bruno Covas destacou que embora a Prefeitura não seja a organizadora do evento, ela participa por meio de várias secretarias municipais.

Além da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, estão empenhadas para o sucesso do evento as pastas de Direitos da Pessoa com Deficiência, de Saúde, Segurança Urbana, de Subprefeituras, de Cultura, de Transportes, de Turismo, de Infraestrutura Urbana e Obras e órgãos públicos como a CET e a SPTuris. Segundo a secretária Berenice Giannella, além de todo o aparato de segurança, estará à disposição dos participantes um posto de atendimento da Secretaria Municipal da Saúde para atendimento e orientações sobre DST e prevenção à AIDS. Este ano, a Parada do Orgulho LGBTI vai levar à Avenida Paulista 19 trios elétricos com muitas atrações artísticas, cinco deles reservados à Prefeitura.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo